O Construtor de Castelos


O dia parecia não mais acabar
Mas por fim a noite chegou
Aqui estou, estrelas a observar
É só ilusão, ou realmente acabou?

Essa madrugada não vou dormir
Vou apenas deitar e sorrir
Por um dia que se passou
Por um destino que mudou

Ficar acordado para ter a certeza
De que aquele Sol escaldante
Não invadirá mais minha fortaleza
Nem nada que vier adiante

Temos muros mais fortes agora
Fizemos pontes, mais do que na hora
Eliminamos todo o perigo lá fora
Para nunca termos que ir embora

Lucas Ribeiro Arantes
01/03/2011

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Que lindo! Tu mesmo quem escreveu?

  1. Lucas Johnson disse...:

    Foi eu sim. Só posto poesias minhas aqui. Se eu postar de outra pessoa, coloco o nome ^^ e obrigado pelo comentário