29/05/2010



Finalmente você conseguiu vencer
Levou-me a vontade de viver
Me colocou no caminho só de ida
Onde eu perdi a luz da vida

Obrigado pela merda que me fez
Decidiu minha cabeça de vez
De que aqui não devo continuar
Por outro planeta eu vou vagar

Tua vontade tornará-se real
Não sofrerá mais comigo
Vou tomar o veneno letal
Esse é o meu castigo

É algo que não tem volta, não tem cura
Não quero que vá em minha sepultura
Desejo realizado, não vai mais me ver
Espero que consiga com esse peso viver

GoodBye :*

Lucas Ribeiro Arantes
29/05/2010 > 21:19

Frases 2



Novamente decidi postar frases que gostei. Não são minhas, mas não sei os autores.

"Só espero acabar inteiro, que o meu corpo não se parta ao meio, pois minha alma já está partida, e meu coração não existe mais."

"Não trate com prioridade, quem lhe trata como opção."

"O homem não morre quando deixa de existir,
mas sim, quando deixa de sonhar."

"E quando o céu parar, terei apenas a certeza que o tempo parou, mas quando você se for, saberei mais que isso, saberei o que é perder um amor."

"Mesmo sabendo que você não iria me trazer a felicidade de volta, acreditei em você mas acabei me decepcionando com você."

"Às vezes nossos sonhos caem ao chão como pedacinhos de estrelas que pouco a pouco se apagam."

"O ideal seria que você soubesse amar o quanto sabe mentir."

Exatamente...


Sometimes, to do what's right,
we have to be steady...
...and give up the thing
we want the most.

Even our dreams.

24/05/2010



Existem coisas que não são apagadas
Muito menos pessoas que foram amadas
Tudo guardado na imensidão do infinito
Sentimento que um dia foi bonito

Quando partido em pedaços corretamente
Nunca mais será o mesmo coração
Feridas feita por alguém sem mente
Que não pensou ao magoar com perfeição

O tempo é inútil em uma ferida profunda
Essa alma agora num posso se afunda
Sem esperança de reviver o lindo sentimento
Que foi destruído por um coração de cimento

Aquela que fere sem nem piscar
Buscando apenas completar seu ego
Mostrou de um falso amor habitar
Amor egoísta que tornou-se cego

Não espere que haja recuperação
Daquele humano que amou em vão
Pensando ter achado sua alma gêmea
Descobriu que era apenas mais uma fêmea

Lucas Ribeiro Arantes
24/05/2010

21/05/2010



Tua presença busca-me noite e dia
Talvez fosse um novo amor que ali crescia
Um amor que era diferente do primeiro
Acho que é aquele amor chamado de verdadeiro

Foi quando se abriu a caixa de mágica
E de dentro veio a notícia trágica
Não veria mais você, não mais te teria
Queria não ter que acabar com toda a fantasia

Minha ultima gota de sangue eu te daria
Apenas um ultimo carinho seu eu gostaria
Para me deixar vivo por mais um segundo
Porque você é a unica que viveu em meu mundo

Lucas Ribeiro Arantes
21/05/2010

18/05/2010



Quero que tudo apenas termine logo
Finalizar o jogo que eu já não mais jogo
Ir pro infinito onde as almas vagam
Esse é o preço que todos pagam

Todos aqueles que cansaram de aqui sofrer
Que desejaram não querer mais viver
Que descobriram que o ser humano decepciona
Pelo seu grande egoísmo que coleciona

Cansado de apenas ser pisoteado
Por alguém que não merece ser amado
Ver que a outra pessoa não importa mais
Perdeu o amor que por ela aqui jaz

Estou de partida, quero pegar o trem
Porque não vou esperar por algo que não vem
O trem está vindo, é hora de embarcar
Te vejo em outra vida, em outro lugar

Lucas Ribeiro Arantes
18/05/2010

17/05/2010



Ultimamente minha vida é pura solidão
Meus passos perderam a direção
Já não existem tantas pessoas legais
Só existem pessoas que são "normais"

Não posso mais conviver com tanta ilusão
Criando um mundo onde tudo é perfeição
Não quero viver fingindo que não estou vendo
Que um irmão nosso em minha frente está morrendo

Insanidade na minha vida já é comum
Amigos antigos, não tenho mais nenhum
Uma cicatriz no peito, mostrando o mundo
E ainda sim, me chamam de vagabundo

Agora você, pegue esse pensamento abstrato
E pense no mundo que contigo é ingrato
Ele vai te usar e te decepcionar
Para no final, certamente te abandonar

Lucas Ribeiro Arantes
17/05/2010

09/05/2010




Novamente era dia de lua cheia
Olhando para ela, você me veio em mente
Podia sentir você em minha veia
E sabia que o sentimento era existente

Naquela noite desejei estar ao seu lado
Queria poder te tocar, te dar um abraço apertado
Mas os fatos que nos cercavam me impediam
Talvez fosse os anjos que sempre nos anunciam

Mau presságio que nos levou à destruição
O fim estava próximo, podíamos sentir ele chegando
O que era dúvida se tornou afirmação
Fim da linha, não vou ficar me enganando

De uma forma tão incomum, ainda busco teu cheiro
Assim como um cavalo busca seu cavaleiro
No fundo da minha alma ainda desejo você
Não entendo muito bem, mas quero saber o porquê

Lucas Ribeiro Arantes
09/05/2010

Amigos para sempre



Momentos inesquecíveis foram aqueles que passei ao lado dos meus amigos.
Somos feliz com o que temos, com quem somos. Não precisamos ter dinheiro, não precisamos de tempo, não precisamos mudar ou seguir uma moda. Precisamos apenas ter o sentimento de amizade, que assim como o amor, também é único. Eu amo todos os meus grandes amigos. Na verdade, não tenho 'meio' amigos. Tenho "brothers". Que são aqueles que vão ficar velhinhos junto comigo. Sem contar também, tudo que aprendo e ensino. Os conselhos, as dicas, a experiência conjunta. Tudo isso faz parte de minha vida. Posso afirmar que não seria ninguém sem meus amigos e amigas. Citar nomes é uma idiotice sem cabimento, pois quem conquistou um lugar especial no meu coração, sabe disso. Mesmo que as vezes possa existir distância, falta de tempo, e outros infortúnios, nunca deixarei de conviver com eles. Amigos são especiais, porque compartilham de momentos especiais conosco. É uma frase clichê, mas é verdadeira: amigos também dizem eu te amo. E digo isso à todos vocês, meus grandes amigos dessa vida. E de outras também, quem sabe.

Lucas Ribeiro Arantes
07/05/2010

Caderno de Poesias





Nas minhas páginas em branco, todas cheias de retilíneas
Jamais imaginei ter meu pranto ou ter alegria
Nem receber os rabiscos de um poeta em minhas linhas

De repente em mim vieram sentimentos
Alegrias, dores, felicidade e lamentos
Histórias tiveram começo, meio e fim
E todas elas foram contadas apenas em mim

Me vi molhado com lágrimas e em mim rios desaguaram
O som do mar se fez ouvir, prantos se enxugaram

Nas minhas páginas brancas e em branco
A lua e as estrelas brilham
O sol refletiu seu calor, aquecendo amor e desamor
Histórias acabaram em alegria, outras em prantos
Outras em dor

Nas minhas linhas, caminhos foram traçados
Carinhos e carícias foram trocados
Paixão e amor foram sentidos
Despedidas e separações foram choradas

Tem dor, tem sangue, tem arte, tem coração
Tem Deus e o sentimento vivo do poeta
Tem transpiração e inspiração
Tem amor, alegria, tristeza e festa

Ontem, uma página em branco
Nas linhas esperando a escrita
Hoje, tenho tudo e sou tanto
Tenho alma... Tenho encanto
Tenho vida

E continuo sendo
Um caderno de poesia
Do meu poeta