Fantasmas Juvenis


Por trás de nossas máscaras
Existe um enorme vazio
Disfarçado pela mentira
Confirmado pela verdade

Não tem ninguém aqui
Apenas muitos fantasmas
Sem alma, sem caráter
Numa única multidão

Somos sempre todos iguais
Buscamos o máximo prazer
Só esquecemos apenas
De lembrar quem somos

O vício de enganar a si mesmo
Com uma felicidade comprável
Essa é nossa vida
Inúteis fantasmas juvenis

Lucas Ribeiro Arantes
03/03/2011

1 comentários:

  1. doiscerebros disse...:

    Linda poesia!! *-*