Vida Vida Vida


Não espero absolutamente mais nada
Pois eu percebi que nada vai vir
Pessimismo é só uma questão de vista
Tudo depende de quem está julgando

Não adianta eu te ligar
Você nem mesmo vai atender
Não adianta eu tentar
Pois nada vai acontecer

Aguentar não fará diferença
Chorar não vai arrumar nada
Sorrir não abrirá portas
Rezar não acabará com a dor

Vagando por uma rua estreita
Contento-me com poucos acasos
Que sempre fogem de minha mão
Como se não fosse para acontecer

Ter uma vida não significa vivê-la
Nem viver, nem sobreviver
O certo mesmo seria vegetar
Vagar, apodrecer, se matar

Lucas Ribeiro Arantes
16/02/2011

0 comentários: