11/11/2010



Por tempos e tempos, eu errei
Hoje eu posso dizer que morri
Meus sentimentos foram à zero
Não sentia mais meu corpo

Toda a força de vontade sumiu
O Corpo era apenas Corpo
A Alma era apenas Alma
Retornei para o princípio da luz

Bebi novamente da água da vida
Corpo e Alma se fundiram
A juventude voltou a meu rosto
A essência reapareceu no túnel

Meu despertar foi magnífico
Subi de novo ao poder
Dominei novamente o destino
Renasci

Lucas Ribeiro Arantes
11/11/2010

0 comentários: