Loucuras Necessárias


Para ter você ao meu lado
Eu iria a pé até a China
Eu rasgaria todo meu dinheiro
Eu faria qualquer coisa

Para ter você comigo
Eu jogaria valendo minha vida
E apostaria o valor máximo
Mesmo não tendo nada na mão

Ainda vou ter você
Vou lutar, vou correr
Vou vencer meu maior medo
Vou até o topo do mundo
Lá em cima vai estar você

Você não será meu melhor troféu
Mas sim minha maior conquista
Não será apenas minha amada
Será o meu grande amor

Lucas Ribeiro Arantes
29/12/2010

Alguém Maior


Sou apenas um menino
Conhecendo um mundo novo
Querendo alguma coisa maior
Que corre sempre em frente

Sempre quis ser alguém
Mesmo não sendo ninguém
Busquei algo em todo canto
Que parecia não existir

Corri atrás de vários ideais
Tentei mudar meu futuro
Preocupei-me até demais
Com coisas quase inúteis

Sempre quis ser alguém
Procurei meu verdadeiro Eu
Dentro do meu próprio coração
Eu finalmente me encontrei

Lucas Ribeiro Arantes
25/12/2010

17/12/2010



Em meio a todas as diferenças
Eu encontrei a minha paz
Em meio a todas as pessoas
Eu encontrei a minha salvação

Sou tão diferente do mundo
Mas quando fico perto de você
Nossas diferenças são... tão iguais
Nossos desejos são tão... normais

Posso ser diferente de tudo
Posso seguir na contramão
Em busca de um único coração
Da pessoa que também é diferente

Em meio ao mundo
Sou julgado diferente
Em meio a nós
Eu posso ser Eu

Lucas Ribeiro Arantes
17/12/2010

09/12/2010



Tenho que seguir em frente
Contornando as longas curvas
Reduzindo nos obstáculos
Mas sempre passando por eles

Mesmo querendo muito desistir
E quase não tendo mais combustível
Por motivos sem explicação
Eu ainda continuo na estrada

Não tenho certeza do caminho
Mas sei muito bem onde quero chegar
Pode ter subidas e buracos
E pode ter descidas e planícies

Não mais guiado por um motorista
E sim pelo próprio caminho
Que me carrega pela estrada
E me leva a um destino

Mais um obstáculo apareceu
Grande o suficiente para me abalar
Mas pequeno perto de meus pneus
Que passarão por cima dele
Sem dó, sem nem olhar para trás

Lucas Ribeiro Arantes
09/12/2010

29/11/2010



Quando se gosta de alguém
Um segundo pode ser um dia
Um dia pode ser a eternidade
Quando se gosta de alguém
É difícil perceber o tempo

Não queria esperar tanto
Por algo tão simples
O simples que se torna complicado
O complicado que demora muito

Por motivos que não entendo
Eu espero, espero e espero
Por motivos que eu acredito
Eu sigo, tento e não desisto

Quando se gosta de alguém
Um minuto pode se tornar um dia
A esperança também aumenta
De que um dia, se torne um minuto

Lucas Ribeiro Arantes
29/11/2010

21/11/2010



Desistir de todos os meus ideais
É algo não mais contigo em mim
Ver o presente como ele é
Não tornar o medo em um obstáculo

Apenas a confiança o realizará
Aquilo que não consigo explicar

Traz até mim o teu olho
E eu te darei o meu
Nele está a única explicação
De que há um brilho maior

Você enxergará o que eu também vi
E ao ver isso, hesitará em seu pensamento
Mas não desistirei de sua presença
Confiarei tudo ao brilho que eu vi

Lucas Ribeiro Arantes
21/11/2010

17/11/2010



Fiz essa poesia para minha amiga Luciana Tavares.


Por todos os dias de minha vida
Por todos os lugares em que eu passar
Todas as lembranças, as idéias, as sensações
Estarão guardadas em um lugar maior

Maior que eu, maior que você
Mas não maior que a saudade
Da certeza que sempre tivemos
Das coisas que sempre fizemos

O destino agora não é mais certo
Já não sei mais para onde ir
A dependência mútua que existe
Não irá separar nossas almas

Uma dádiva da vida, um elixir dos deuses
Sem armas nem presentes nas mãos
Você será especial para sempre
Fazendo sentido ou não

Um dia nos encontraremos na rua
Você me falará da família que formou
Lembrará desta poesia e de todas as outras
Darei-te um abraço, e direi:
-Bem vinda a minha vida

Lucas Ribeiro Arantes
17/11/2010

16/11/2010



Enquanto houver confiança em mim
Enquanto ela pairar sobre minha cabeça
Enquanto a vontade conciliar-se com a verdade
Todo o mundo me será tangível

Como dizia um antigo imperador
Veni, Vidi, Vici
Não vou apenas tentar
Eu vou vencer o desafio

Quando realmente se quer algo
Não se pode mudar o fato
De que a confiança em si mesmo
Facilitará a abertura de sua porta

Quando eu realmente quero algo
E enquanto houver confiança em mim
Todas as coisas me serão possíveis

Lucas Ribeiro Arantes
16/11/2010

14/11/2010



Queria ser um pássaro
Voar de galho em galho
Vivendo o dia-a-dia
Apenas voando, voando e voando

Um dia o sonho se realiza
E o pequeno menino voará
Cruzará todo o céu azul
Encontrará o mais belo anjo

Sentir o vento no rosto
Ver o mundo ficar pequeno
Ir a um lugar único
Subir, voar, ser livre

E após muito voar
O seu par encontrará
Nunca mais se separarão
A natureza é tão bela

Assim como os pinguins
Encontram seu parceiro
E vivem para sempre
Livres e eternos

Lucas Ribeiro Arantes
14/11/2010

11/11/2010



Por tempos e tempos, eu errei
Hoje eu posso dizer que morri
Meus sentimentos foram à zero
Não sentia mais meu corpo

Toda a força de vontade sumiu
O Corpo era apenas Corpo
A Alma era apenas Alma
Retornei para o princípio da luz

Bebi novamente da água da vida
Corpo e Alma se fundiram
A juventude voltou a meu rosto
A essência reapareceu no túnel

Meu despertar foi magnífico
Subi de novo ao poder
Dominei novamente o destino
Renasci

Lucas Ribeiro Arantes
11/11/2010

05/11/2010



É difícil te explicar isso
Mas mesmo nunca tendo os visto
Nos seus olhos eu posso ver
Uma chance do brilho da estrela

No teu colo eu quero buscar
Uma única frase de amor
Em seu coração quero encontrar
Uma realidade totalmente normal

É difícil te explicar isso
É mais fácil não entender
Apenas sinta o que eu sinto
Veja o que eu também vejo

Cada instante que se passa
A certeza é sempre maior
Certeza de que, sim, é você
Certeza de que não errei

Ainda é cedo minha querida
Não vou tentar entender isso
Vou apenas contemplar a beleza
Beleza de um destino incerto
Incerto e belo, certo e feio

É difícil te explicar isso
E impossível de entender
Algo tão repentino e discreto
Dominou meus pensamentos
Tão rápido quanto dominou
A incerteza da explicação

Lucas Ribeiro Arantes
05/11/2010

03/11/2010



Buscando algo que não tenho certeza
Tentando ser algo que vai além
Além de minha essência, de minha pureza
Querendo ser um outro alguém

Meus erros não foram meus
As atitudes e pensamentos eram seus
Um dia a realidade na cara me bateu
Eu deveria ter sido apenas Eu

Sempre quis ter sido algo especial
Não vi que ser especial é apenas ser normal
A verdade para mim apareceu
Sempre quis ter sido Eu

Eu devo ser apenas Eu

Lucas Ribeiro Arantes
03/11/2010

20/10/2010


No momento em que foi escolhido
O destino nos apresentou
O menino do coração recolhido
A menina que nunca amou

Olhos nos olhos, um brilho total
Um ponto de luz mostrou a história
No coração um incêndio quase infernal
Na mente uma coisa quase ilusória

Nossas almas buscam o mesmo caminho
Se tudo der certo, te darei muito carinho
Serei seu escudeiro, serei o seu parceiro
Seja meu amor, me faça seu companheiro

Lucas Ribeiro Arantes
20/10/2010

30/09/2010



Eu te observo daqui do meu canto
Penso e vejo que eu te quero tanto
Desejo impossível chamado utopia
Era você a única que eu amaria

De longe eu te vejo com outro homem
Pessoa errada que você escolheu
Meus sentimentos por você jamais somem
Um homem sem medo, que não será seu

Não digo que indigno disso eu sou
Não foi em amar você que o coração errou
Apenas sei que seu eu nunca serei
No último dia de vida, direi que te amei

Lucas Ribeiro Arantes
30/09/2010

23/09/2010



Tuas palavras não me são mais tangíveis
Não sou mais digno de tua aura
Cometidos todos os erros possíveis
Algo que talvez não mais se restaura

Toda a minha vivência não me foi útil
Criando uma absoluta e falsa verdade
Imaginação de uma mente simplesmente fútil
Buscando verdadeiramente uma singela amizade

Minha vida não faz sentido nessa mentira
Meu corpo exala toda a raiva e a ira
De tentar e tentar, e ver que ainda não
De não conseguir completar uma simples missão

Todo o significado de sorrir se perdeu
Pois não posso mais seguir um único passo seu
Trazer-te a felicidade tão fácil parecia ser
Não pensei que para isso, eu precisaria morrer

Lucas Ribeiro Arantes
23/09/2010

22/09/2010



A falta de felicidade que me possui
Jogada no vento que por aí flui
Tão minha quanto sua, quanto nossa
No último sorriso que não se esboça

Todo o gingado, toda a destreza
Formas simples de se expressar
Meu corpo agora sente apenas fraqueza
Consumiu o único ar que tinha para respirar

Levando a si mesmo ao precipício
Considera sua vida ser um desperdício
Viu que os seus erros são pertinentes
Que suas buscas são permanentes

Descobriu procurar algo tão distante
Distante como uma planta do chão
Distante como o vento do furacão
Distanciava a alma de seu coração

Descobriu ser apenas mais um na estante

Lucas Ribeiro Arantes
22/09/2010

17/09/2010



Busco junto a mim o seu corpo quente
Você me vem toda sorridente
Minhas mãos procuram tua nuca
Vamos sentir essa coisa maluca?

Você é todo meu sexo, drogas e Rock and Roll
É meu chão, minha razão, minha loucura
Juntos em algo que apenas começou
No caminho dessa insana aventura

Excitação mental agora me contagia
Me mostra todo o bem que te fazia
Expele de seu corpo um último suspiro
Eu olho para aquilo e fortemente me admiro

Lucas Ribeiro Arantes
17/09/2010

13/09/2010



Olho para trás, nós dois é o que eu vejo
Tua presença agora não passa de um desejo
Domina todo meu corpo, toda minha mente
Dissolve-me no mesmo ciclo, lentamente

Desejo que um dia foi muito real
Realidade velha que se tornou lembranças
Infância aquela que foi tão especial
Sinto falta de quando éramos crianças

Tudo agora é apenas questão de momento
Só me resta aqui o seu velho cata-vento
Adeus querida, até um dia qualquer
Fique sabendo que te amo, mulher

Lucas Ribeiro Arantes
13/09/2010

12/09/2010



Objetivos, razões, tudo me vem à tona
Vejo que novamente fracassei
Que mais uma vez não consegui

Tudo que fiz parece tão inútil
Todas as tentativas, todas as batalhas
Talvez já não exista mais força
Desacreditei de que fosse possível

Anos e anos no mesmo caminho
Buscando algo que não existe
Procurando respostas para as mesmas perguntas
Indo atrás de coisas sem fundamento

Buscando apenas uma resposta
Buscando saber quem sou

Lucas Ribeiro Arantes
12/09/2010

Primeira Poesia !

Eu estava arrumando umas coisas antigas, e achei um livro, de uma antiga escola que estudei. O nome dele é: Nossas Palavras, escola Walter Fortunato 2007.
Na época tinha um concurso de poesias, onde eram escolhidos os melhores de cada série. Eu participei e acabei vencendo. Quem diria, minha primeira poesia foi há 3 anos. Quero compartilhar ela com vocês. Sim, eu não sabia escrever e era um noob, mas mesmo assim venci haha. O mais importante é o valor dela para mim. Aí vai ela:

Pessoas matando,
pessoas morrendo,
crianças chorando,
onde está o amor desses que se dizem "humanos"?

Para que guerrilhar
se, no nosso mundo,
há espaço para todos?

Pais desesperados
não sabem onde estão seus filhos,
mas, onde menos esperam,
eles podem estar.

Em um mundo sem paz,
é preciso amar.
Fazer uma flor brotar.

Lucas Ribeiro Arantes
??/??/2007

30/08/2010



Toda monotonia que aqui me traz
Segue-me, me perturba e não me deixa em paz
Todo descaso que o tempo me revela
É igual ao silencio daquela viela

Impotente, insignificante, sou eu contra o mundo
Todas as mudanças e as semelhanças
Tudo jogado na tua cara, moribundo!

O destino parece tão certo, tão perto
A mudança agora é a lei da vida
Mudar aquilo que já foi ferida
Tangível entre vai-e-vem
Tudo tão rápido, em 1 segundo de 0 a 100

Paradoxo da vida, certo aqui, errado ali
Ponto de partida, no pódio eu não subi

Momentos perfeitos, viagens loucas
Minhas idéias já não são tão poucas
Perdoe-me se o erro for meu
Mas a vida para nós já aconteceu

Lucas Ribeiro Arantes
30/08/2010

22/08/2010



Viver já não faz parte de meus pensamentos
Queria estar com vocês nos últimos momentos
A morte não dói, dolorosa é a despedida
Nunca vão entender os porques desse suicida

Todos os erros, decepções e até coisas do além
Diante de meus olhos se passa toda a história
Vocês estiveram comigo na derrota e na vitória
Não quero mais viver uma felicidade ilusória
Não quero mais viver pensando que sou alguém

Uma ideologia totalmente destruída
Minhas crenças reduzidas a pó
Uma história não tão bem sucedida
Minha vida cada vez mais só

Lucas Ribeiro Arantes
22/08/2010

Homenagem: Jessica Maiara de Oliveira



Jessica, primeiramente gostaria de dizer que você tornou-se essencial em minha vida, a partir do dia em que ti conheci. Um jaleco emprestado, um MSN trocado, e descobrimos que temos muito mais coisas em comum do que podíamos imaginar. Posso dizer sim, que você está no sagrado grupo dos melhores amigos, onde não tem níveis de amizade, e sim todos os meus melhores amigos, os mais especiais e indispensáveis. Acredito que nossa amizade nunca acabará, pois mesmo com a pequena distância, ela não mudou em nada.

Lembro de quando nossa amizade quase teve uma crise, a qual não me lembro o porque. Como sempre, superamos ela. Nós dois juntos, um ajudando o outro. Seus conselhos me valem ouro, clareando minha mente em situações desesperadas. Acredito também que já te ajudei em alguns momentos difíceis, em qual uma palavra e um abraço bastaram.

Amizades assim não se encontram todos os dias, e nem em todos os lugares. São presentes divinos, enviados para nos acompanhar durante nossa jornada pela vida. Muito maior do que qualquer presente, sua amizade é o que mais me importa, pois ela é infindável.

Passamos muitas coisas bem inusitadas. Coisas que somente nós dois entendemos, como a visita ao cemitério, coisa que pode ser bizarra para alguns, para mim foi algo muito legal. Lembro de nossas conversas 'malucas', ou das que simplesmente não haviam assunto. Outra coisa legal de que me lembro, foi quando eu estava fazendo uma poesia, e dediquei um pedaço a você. Não sei se você ainda se lembra dele, mas aqui está:

"O que te faz feliz?
Ver o nascer do sol pela janela
Comer brigadeiro de panela
Rir com seu melhor amigo

Ajudar um pobre mendigo"

Todas essas coisas fazem parte de nossa história, da qual nunca vou esquecer, e vou carregar comigo para toda a eternidade. Quero ter muita história contigo ainda, e dar muita risada!
Essa homenagem é uma simples forma de demonstrar o meu sentimento por você.

Eu amo você Jessica, minha grande amiga.

Busque sua verdade

Leitores do meu querido blog, estou participando de um concurso de poesia do SENAI, e queria compartilhar com vocês. Gostaria que avaliassem ela, se puderem comentar, agradeço.



Busque sua verdade


Escrever, ato de expor uma idéia.
As quais fazem parte de minha mente
Mente essa que tanto pensa
Nessa vida que é uma odisséia

Inspiração me vem de toda maneira
Do pingo de chuva ao grande oceano
A escrita começa como uma brincadeira
Tornando o escritor agora um ser humano

Pense, busque suas grandes idéias.
Escreva, faça a si mesmo essa proposta.
Viva, procure buscar sua verdade.
Ou morra, sem ter nenhuma resposta.

Comece a escrever, mostre sua euforia.
Seja hoje, amanhã ou qualquer dia.
Escreva, aquilo que você gosta.
Ou morra, sem ter nenhuma resposta.


Lucas Ribeiro Arantes
16/08/2010

15/08/2010



Queria saber como acabar o sofrimento
Busquei em todos as dimensões a resposta
Encontrei ela muito longe e descobri
Que o sofrimento é consequência daquela proposta

Erros existem para nos ensinar algo
Ou simplesmente para serem cometidos
Erros singelos tornam-se irreparáveis
Porém erros assim de meu coração foram banidos

Muito com ele eu digo que aprendi
Superá-lo, já não sei se consegui
Uma cicatriz ele concerteza deixou
Ferimento inevitável daquele que já amou

Lucas Ribeiro Arantes
15/08/2010

08/08/10



Sangue: Vermelho, viscoso e quente
Escorrendo aos montes pelo corte recente
Corte feito com a lâmina sombria
Por um momento se acabou a agonia

Ele jorra por todas as partes
Espalhando tragédia e beleza
A mais bela de todas as artes
Aquela que é pura de natureza

Adorado pelo grandioso vampiro
O sangue foge até o ultimo suspiro
Ele que determina vida e morte
Foi todo embora, por um simples corte

Lucas Ribeiro Arantes
08/08/2010

05/08/2010



Sua essência ainda me é presente
Lembranças suas me deixam impotente
Como se sua presença fosse inevitável
Mesmo de toda forma ela sendo indesejável

Me aprisionei à você quase que sem querer
A corrente puxa não me deixando fugir
Um lobo que quer escapar, mas não sabe rugir
Um destino que não se selará até eu morrer

O cosmo quase não tem forças para lutar
Uma vida inteira ele terá de aguentar
Com toda dor e sofrimento que lhe foi dado
No dia que te conheci, cometi um pecado

Lucas Ribeiro Arantes
05/08/2010

18/07/2010



Aconteceu tudo de uma forma estranha
Nos conhecemos e fomos nos aproximando
Em pouco tempo, você é quem me acompanha
Suspeitei até mesmo estar te amando

Em pouco tempo a dúvida virou certeza
Você tinha se tornado minha alteza
Era sempre essencial sua presença
Meu desejo até parecia doença

Minha vida só tinha graça ao seu lado
Éramos uma grande dupla inseparável
Tu era minha droga, me sentia alcoolizado
Ali sempre existiu um amor inigualável

Lucas Ribeiro Arantes
18/07/2010

A última poesia



Minha imagem não vai existir mais
A alma vai indo embora por sofrer demais
O espelho do destino agora está vazio
Sinto apenas no pescoço um corte frio

Feito daquelas mágoas que você me deu
Um problema que nunca foi seu
Afinal você não liga para o mundo
Com todo seu egoísmo guardado lá no fundo

A lâmina está fazendo seu corte final
Cortando a artéria, que dor infernal
Mas a dor passará em um instante
Não vai ser que nem a dor antes abundante

Do infinito, eternamente sua alma observarei
Que só vai mudar quando fatalmente se machucar
Para pagar pelo dia que eu por você chorei
Ai quem sabe, um dia você seja capaz de amar

Você era a minha pedra preciosa preferida
Mas de tanto lapidar, consegui encontrar carvão
E descobri que amei alguém que não existe
Não dá mais, desse mundo esse corpo desiste
Apenas mais um sentimento que foi em vão
Só te digo adeus, minha querida.

Lucas Ribeiro Arantes
12/07/2010

02/07/2010




Quero um amor para toda a vida
Que me mostre que há uma saída
Para um lugar onde haja amor
Uma refeição com um novo sabor

Uma viagem para outro planeta
Onde não tem tempo, nem ampulheta
Quando se perde toda a noção
A louca loucura que é a paixão

Intensamente viver o que pouco dura
Sem preconceito, nojo ou frescura
Baby, é tudo paraíso, é tudo certo
Esse caminho diferente eu lhe oferto

O caminho até a loucura vitalícia
Onde é aceitável qualquer malícia
Só não espere de lá um dia voltar
Porque agora você aprendeu a amar

Lucas Ribeiro Arantes
02/07/2010

Caras Legais Terminam Por Último



Caras legais terminam por último
Seu gás está acabando
Sua simpatia vai te deixar para trás

Às vezes você é o melhor,
quando você se sente o pior

Você se sente lavado?
Como mijo escorrendo pelo ralo

Panela de pressão pegue meu cérebro e diga que sou louco
Estou tão feliz que poderia chorar
Toda piada pode ter sua verdade e agora a piada está em você
Eu nunca soube que você era um cara tão engraçado

Oh, caras legais terminam por último,
quando você é o excluído
Não se dê tapinha nas costas,
você pode quebrar a coluna

Vivendo no comando
Você está cumprimentando muitas pessoas
Beijando e sangrando toda sua honra,
pegando o que você precisa
Morde a mão que alimenta
Você perdeu a memória
e a envergonhou

Oh, caras legais terminam por último, quando você é o excluído
Não se dê tapinha nas costas, você pode quebrar a coluna

Nice Guys Finish Last - Green Day

Eu adoraria mudar o mundo.



Todo lugar é louco e perigoso
lésbicas e fadas, me digam onde está a sanidade
cobre o rico, alimente o pobre
até que não haja ricos

eu adoraria mudar o mundo
mas não sei o que fazer
então deixarei com você

a população continua procriando
nação sangrando, alimentando ainda mais a economia
a vida é engraçada, os céus estão ensolarados
abelhas fazem mel, quem precisa de dinheiro?

poluição mundial, não há solução
instituição, eletrocução
somente preto e branco, rico ou pobre
nós e eles, PARE A GUERRA.

Recado de um anjo



Às vezes nos surpreendemos com as pessoas. Simplesmente por elas serem "normais". Não sou deste planeta, não vim aqui buscar ouro nem carvalho. Vim em busca de uma pessoa. Aquela que aqui nesse mundo, não é "normal", mas de onde venho, ela é uma de nós. Tenho que levar ela de volta para sua terra natal, um lugar chamado céu. Sim, somos anjos. Que vêm nessa Terra para acompanhar um humano em sua jornada pela vida. É essa nossa missão: proteger. E um de nossos anjos se perdeu aqui. Uma menina dos cabelos negros como a noite. Ela não tem conhecimento de que é um anjo. Vive a vida dela, com seus problemas, conflitos, mágoas, desorientações, assim como todo ser humano que ainda não encontrou seu caminho. Ela tem um dom magnífico. Tão grande, mas ela não sabe. Mas nós aqui de cima sabemos, e por isso vim até a Terra. Vim mostrar à ela quão grande ela pode ser, preparando-a para quando ela voltar para cá. Ela não me conhece como anjo, mas se fechar os olhos, poderá sentir minha presença.

Lucas Ribeiro Arantes
10/06/2010

Incubus - Love Hurts



"Sometimes when I'm alone I wonder
is there a spell that I am under
keeping me from seeing the real thing"

03/06/2010



Teus olhos me mostram algo especial
Algo simultâneamente mágico e real
Que tornam o ilusório em possível
Novamente deixando o coração sensível

Que agora tem experiência suficiente
Para conseguir viver um amor crescente
Que depois de muita luta e derrota
Parou, pensou e deixou de ser idiota

Decidiu seguir e ver onde iria chegar
Aos teus braços ele chegou e pousou
Trate-o com carinho, tente-o amar
Esse é o amor que ele sempre procurou

Um coração lindo e desajeitado
Agora tem um lugar para ficar
Não precisa mais deixar de caminhar
Agora ele tem por quem ser amado

Lucas Ribeiro Arantes
03/06/2010

29/05/2010



Finalmente você conseguiu vencer
Levou-me a vontade de viver
Me colocou no caminho só de ida
Onde eu perdi a luz da vida

Obrigado pela merda que me fez
Decidiu minha cabeça de vez
De que aqui não devo continuar
Por outro planeta eu vou vagar

Tua vontade tornará-se real
Não sofrerá mais comigo
Vou tomar o veneno letal
Esse é o meu castigo

É algo que não tem volta, não tem cura
Não quero que vá em minha sepultura
Desejo realizado, não vai mais me ver
Espero que consiga com esse peso viver

GoodBye :*

Lucas Ribeiro Arantes
29/05/2010 > 21:19

Frases 2



Novamente decidi postar frases que gostei. Não são minhas, mas não sei os autores.

"Só espero acabar inteiro, que o meu corpo não se parta ao meio, pois minha alma já está partida, e meu coração não existe mais."

"Não trate com prioridade, quem lhe trata como opção."

"O homem não morre quando deixa de existir,
mas sim, quando deixa de sonhar."

"E quando o céu parar, terei apenas a certeza que o tempo parou, mas quando você se for, saberei mais que isso, saberei o que é perder um amor."

"Mesmo sabendo que você não iria me trazer a felicidade de volta, acreditei em você mas acabei me decepcionando com você."

"Às vezes nossos sonhos caem ao chão como pedacinhos de estrelas que pouco a pouco se apagam."

"O ideal seria que você soubesse amar o quanto sabe mentir."

Exatamente...


Sometimes, to do what's right,
we have to be steady...
...and give up the thing
we want the most.

Even our dreams.

24/05/2010



Existem coisas que não são apagadas
Muito menos pessoas que foram amadas
Tudo guardado na imensidão do infinito
Sentimento que um dia foi bonito

Quando partido em pedaços corretamente
Nunca mais será o mesmo coração
Feridas feita por alguém sem mente
Que não pensou ao magoar com perfeição

O tempo é inútil em uma ferida profunda
Essa alma agora num posso se afunda
Sem esperança de reviver o lindo sentimento
Que foi destruído por um coração de cimento

Aquela que fere sem nem piscar
Buscando apenas completar seu ego
Mostrou de um falso amor habitar
Amor egoísta que tornou-se cego

Não espere que haja recuperação
Daquele humano que amou em vão
Pensando ter achado sua alma gêmea
Descobriu que era apenas mais uma fêmea

Lucas Ribeiro Arantes
24/05/2010

21/05/2010



Tua presença busca-me noite e dia
Talvez fosse um novo amor que ali crescia
Um amor que era diferente do primeiro
Acho que é aquele amor chamado de verdadeiro

Foi quando se abriu a caixa de mágica
E de dentro veio a notícia trágica
Não veria mais você, não mais te teria
Queria não ter que acabar com toda a fantasia

Minha ultima gota de sangue eu te daria
Apenas um ultimo carinho seu eu gostaria
Para me deixar vivo por mais um segundo
Porque você é a unica que viveu em meu mundo

Lucas Ribeiro Arantes
21/05/2010

18/05/2010



Quero que tudo apenas termine logo
Finalizar o jogo que eu já não mais jogo
Ir pro infinito onde as almas vagam
Esse é o preço que todos pagam

Todos aqueles que cansaram de aqui sofrer
Que desejaram não querer mais viver
Que descobriram que o ser humano decepciona
Pelo seu grande egoísmo que coleciona

Cansado de apenas ser pisoteado
Por alguém que não merece ser amado
Ver que a outra pessoa não importa mais
Perdeu o amor que por ela aqui jaz

Estou de partida, quero pegar o trem
Porque não vou esperar por algo que não vem
O trem está vindo, é hora de embarcar
Te vejo em outra vida, em outro lugar

Lucas Ribeiro Arantes
18/05/2010

17/05/2010



Ultimamente minha vida é pura solidão
Meus passos perderam a direção
Já não existem tantas pessoas legais
Só existem pessoas que são "normais"

Não posso mais conviver com tanta ilusão
Criando um mundo onde tudo é perfeição
Não quero viver fingindo que não estou vendo
Que um irmão nosso em minha frente está morrendo

Insanidade na minha vida já é comum
Amigos antigos, não tenho mais nenhum
Uma cicatriz no peito, mostrando o mundo
E ainda sim, me chamam de vagabundo

Agora você, pegue esse pensamento abstrato
E pense no mundo que contigo é ingrato
Ele vai te usar e te decepcionar
Para no final, certamente te abandonar

Lucas Ribeiro Arantes
17/05/2010

09/05/2010




Novamente era dia de lua cheia
Olhando para ela, você me veio em mente
Podia sentir você em minha veia
E sabia que o sentimento era existente

Naquela noite desejei estar ao seu lado
Queria poder te tocar, te dar um abraço apertado
Mas os fatos que nos cercavam me impediam
Talvez fosse os anjos que sempre nos anunciam

Mau presságio que nos levou à destruição
O fim estava próximo, podíamos sentir ele chegando
O que era dúvida se tornou afirmação
Fim da linha, não vou ficar me enganando

De uma forma tão incomum, ainda busco teu cheiro
Assim como um cavalo busca seu cavaleiro
No fundo da minha alma ainda desejo você
Não entendo muito bem, mas quero saber o porquê

Lucas Ribeiro Arantes
09/05/2010

Amigos para sempre



Momentos inesquecíveis foram aqueles que passei ao lado dos meus amigos.
Somos feliz com o que temos, com quem somos. Não precisamos ter dinheiro, não precisamos de tempo, não precisamos mudar ou seguir uma moda. Precisamos apenas ter o sentimento de amizade, que assim como o amor, também é único. Eu amo todos os meus grandes amigos. Na verdade, não tenho 'meio' amigos. Tenho "brothers". Que são aqueles que vão ficar velhinhos junto comigo. Sem contar também, tudo que aprendo e ensino. Os conselhos, as dicas, a experiência conjunta. Tudo isso faz parte de minha vida. Posso afirmar que não seria ninguém sem meus amigos e amigas. Citar nomes é uma idiotice sem cabimento, pois quem conquistou um lugar especial no meu coração, sabe disso. Mesmo que as vezes possa existir distância, falta de tempo, e outros infortúnios, nunca deixarei de conviver com eles. Amigos são especiais, porque compartilham de momentos especiais conosco. É uma frase clichê, mas é verdadeira: amigos também dizem eu te amo. E digo isso à todos vocês, meus grandes amigos dessa vida. E de outras também, quem sabe.

Lucas Ribeiro Arantes
07/05/2010

Caderno de Poesias





Nas minhas páginas em branco, todas cheias de retilíneas
Jamais imaginei ter meu pranto ou ter alegria
Nem receber os rabiscos de um poeta em minhas linhas

De repente em mim vieram sentimentos
Alegrias, dores, felicidade e lamentos
Histórias tiveram começo, meio e fim
E todas elas foram contadas apenas em mim

Me vi molhado com lágrimas e em mim rios desaguaram
O som do mar se fez ouvir, prantos se enxugaram

Nas minhas páginas brancas e em branco
A lua e as estrelas brilham
O sol refletiu seu calor, aquecendo amor e desamor
Histórias acabaram em alegria, outras em prantos
Outras em dor

Nas minhas linhas, caminhos foram traçados
Carinhos e carícias foram trocados
Paixão e amor foram sentidos
Despedidas e separações foram choradas

Tem dor, tem sangue, tem arte, tem coração
Tem Deus e o sentimento vivo do poeta
Tem transpiração e inspiração
Tem amor, alegria, tristeza e festa

Ontem, uma página em branco
Nas linhas esperando a escrita
Hoje, tenho tudo e sou tanto
Tenho alma... Tenho encanto
Tenho vida

E continuo sendo
Um caderno de poesia
Do meu poeta

30/04/2010

Talvez eu tenha esperado demais de você
Talvez não tenha mais porque te querer
Talvez nos teus olhos eu me perdi
Talvez não foi isso que eu escolhi

Agora digo que não vou sofrer mais
Vou tentar deixar meu coração em paz
Não vou mais passar os dias chorando
Não vou mais por você ficar esperando

Caminhando pela vida, encontrarei um novo amor
Quero para meu destino um outro sabor
Mas nunca esquecerei o que agente passou
Vou guardar a aliança que você usou

Lucas Ribeiro Arantes
30/04/2010

Reativando

Estou reativando o blog. Retornando, tenho essa poesia que fiz hoje.

09/02/2010

Na verdade aconteceu tudo tão cedo
Posso dizer que um dia eu senti medo
Estico a mão, pergunto se me quer
Posso continuar se você comigo vier

Queria poder um dia alcançar o paraíso
Ir até lá, e te dar uma flor
Para ver brilhar o teu sorriso
Que explica todo o meu amor

Com carinho meu coração te entreguei
Antes sabia tudo, agora nada sei
O sentimento é estranho, será que eu errei?
Tudo estava escuro quando me deparei

Você estava voltando com o meu coração
Veio me dizendo com toda emoção:
O seu coração se encaixou no meu
Vim amar aquela que me escolheu

Lucas R. Arantes
09/02/2010

Frases

Nunca postei frases aleátorias, vou tentar né.


"Amar é ter vontade de continuar a caminhada para fazer alguém feliz."

"Mais vale uma lágrima de não ter vencido do que a covardia de não ter lutado."

"As pessoas não se tornam especiais pela maneira de ser ou agir, mas pela profundidade em que atigem nossos sentimentos."

"Pé que dá fruta é o que leva mais pedrada."

"O amor é a asa veloz que Deus deu à alma para que voe até o céu."

"Nada nasce senão do amor, nada se faz a não ser por amor."

"Amor não se conjuga no passado. Ou se ama para sempre ou nunca se amou verdadeiramente."

"A ausência torna o coração mais amante"

"Amor eterno é o que dura enquanto existe."

"Ter saudade é melhor do que caminhar sozinho.

"Há pessoas que amam o poder, outras tem o poder de amar."

"O amor tem tantos significados, que a cada dia percebemos que ele significa tudo."

"Amor verdadeiro é aquele que o vento não leva e a distância não separa."

"Covarde não é aquele que chora por amor, mas é aquele que não ama por medo de chorar."

"Sei que a minha beleza não está esculpida em meu rosto, mas sei que está cravada em meu coração."

The little things give you away

Lembra-se dessa musica? :D

The little things give you away - Linkin Park


Water creeps through the windows, up the stairs
Chilling there, like an ocean everywhere

Don't want to reach for me, do you?
I mean nothing to you, the little things give you
away
And now there will be no mistaking
The levees are breaking

All you've ever wanted...
Was someone to truly look up to you
And six feet under water, I do...

Hope decays, generations disappear
Washed away, as a nation simply stares

Don't want to reach for me, do you?
I mean nothing to you, the little things give you
away
But now there will be no mistaking
The levees are breaking

All you've ever wanted...
Was someone to truly look up to you
And six feet under water, I do...
All you've ever wanted...
Was someone to truly look up to you
And six feet underground, now I...
Now I do...

Oh... Oh...
The little things give you away... the little things
give you away
All you've ever wanted was someone to truly look up to
you
All you've ever wanted was someone to truly look up to
you